quinta-feira, 5 de abril de 2012

Horizontes



O mar é lindo
N’ele estou indo
P´ra lá do vento
P’rálém do mar
Vou navegando
Em pesamento
Mar sereno
Mar revolto
Fonte de vida
É
Como mulher fria e fingida
Quando se altera
Em suas ondas
Se torna gigante
A cada momento
A vida nos tira
Como uma amante
Quem diz que não ama
É porque mente
Foge á verdade
O amor
É sentimento
Não escolhe credo
Não tem idade
.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores