terça-feira, 13 de novembro de 2012

viagem


Passa-se o tempo
Vira-se a vida
Olha-se o mundo
Vê-se a partida
De um fim da viagem
Que foi um sonho
Quebraram-se amarras
De nau que vagueia
Por águas passadas
De amores perdidos
Volta-se á vida
Com novos sonhos
Deixa-se o cais
Em nova partida
.


quarta-feira, 7 de novembro de 2012

A caminho de ti


Surge lenta, indolente
Em tons cinza,
É a noite que cai
Nesta cidade de mim
De vastas nuvens dançando
A miudinha chuva desliza
Em doces gotas
Trespassando-me os sentidos
Encharcando-me o sentir
De querer estar em ti
Com passos lentos vagueio
Pelas ruas das ideias
Sentido a ténue brisa de um sorriso
Que me envolve e acaricia
Pelo rio das emoções
Que a ti me conduzem
.

Seguidores