segunda-feira, 7 de maio de 2012

de ti


Desde quando,
Como e porquê
Eu já não sei
Foste a razão
Do meu viver
Por isso te amei
És Noite
És Dia
És Estrela, Lua, Sol
Serás sempre
Meu Guia
Meu Farol
Se por ti foi sentido,
Ou foi fingido
Hoje não sei
Recordo o sabor dos teus lábios
Naquele beijo que um dia te dei
Se fui eu que o quis
Ou tu que o quiseste
Agora que partiste
Pouco importa
Se fui eu que te dei
Ou tu que me deste
De teus lábios recordo
O ardor
Seu amor imenso
Dos teus
Meus lábios sedentos
Do seu sabor intenso.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores