terça-feira, 19 de junho de 2012

Murmúrios de Vento




Oiço uma música algures.
Sons de violino-talvez.
E um calafrio percorre o meu corpo, que se embaraça nos passos,
Vou com rapidez, deixo tudo para trás.
E vou no encalço dessa música, que me enfeitiça.
Mas, apenas são murmúrios de vento.
E fico na areia da praia, para onde os meus passos me levaram.
Com vida, mas quase estátua, com os cabelos despenteados
Com que o vento brinca.



Foto : Arveth

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores