terça-feira, 23 de junho de 2015

pensamentos

Marc Lafontan

Passa-se o tempo
Fica a vontade
Em contraluz
De alvas cores bordejando
As veredas caminhadas
Em sopé de montanhas
De trilhos nunca pisados
Riacho de cristalinas águas
Por estepes serpenteando
Busca sinais
Que ditem novos caminhos
Seguindo pensamentos
Que do espaço/tempo
O tempo nos tráz

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores