domingo, 15 de março de 2015

Rosa

Fetish

E o fogo do brilho do seu olhar
Reflectindo a luz do luar que brilhava
Na viela escura
Degraus subindo
De rosto afogueado
Seus olhos
Dois botões de brancas rosas
Espelhando um amor retraído
Procuravam seu beijo
Sentir a brisa dos lábios
Deslizando em seu rosto
As bocas
Se tocando
Na humidade de um beijo ardente
De amor sedento
O corpo tremendo
Quando seus olhos beijou
O tempo parou

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores