sábado, 17 de agosto de 2013

Perto


vi-te ao longe
e de perto
deambulando nas ondas
pelo mar do deserto
na sombra de uma duna
que da lua era filha
barco sem proa
nem quilha
que por nómada trilho
seguia rumo incerto
que vendo-me ao longe
não percebe o quanto estou perto

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores