domingo, 19 de agosto de 2012

fazes-me falta


Das estrelas que estou vendo
Uma serás tu
Que por mim estás olhando
Nesta vida passaste
De forma fugaz e repentina
Pela vida que me deste
Por quanto me amaste
Em teu riso que tão pouco vi
Pelas lágrimas que derramaste
Quando de ti me levaram
Sempre te amarei
De tudo o que me ensinaste
Do quanto ainda não sei
Dos teus ensinamentos preciso
Foste embora cedinho
Deixando-me
Neste mundo sozinho
Eu sei
Não foste tu que o quiseste
Alguém te chamou naquela hora
Por isso te perdoo
Mas
Preciso de ti
Aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores