sábado, 22 de setembro de 2012

não devia


não devia ter vindo
a este lugar que me lembra Agosto
aqui onde tudo me lembra os ecos
das gaivotas e das mãos
as nossas – unidas

tu dizias que gostava de deambular
de mãos dadas
e eu acreditei

e hoje ao vir aqui
senti que as minhas mãos estavam vazias
e nem tenho a certeza se alguma vez
eu tive as tuas mãos – inteiras nas minhas

não devia ter vindo aqui
onde tudo me lembra o que tivemos
e que tu abandonaste naquela tarde de Agosto.
.

foto : George Bednarski

Sem comentários:

Enviar um comentário

Seguidores